1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Venda de automóveis na Europa sobem 4,3% em maio

REUTERS

17 Junho 2014 | 09h 45

As vendas de novos automóveis na Europa voltaram a subir em maio, embora o desemprego elevado tenha contido a demanda, com as vendas de marcas mais populares crescendo mais do que as de modelos luxuosos, mostraram dados divulgados nesta terça-feira.

As vendas na União Europeia e nos países da Associação Europeia de Livre Comércio subiram 4,3 por cento, para 1,13 milhão de carros, de acordo com a associação das montadoras. Foi o nono mês seguido de aumento das vendas, reforçando os dados que mostram a recuperação do mercado automotivo europeu depois de seis anos em queda.

Marcas como Skoda, Renault e Opel registraram crescimento maior que marcas premium como BMW e Audi, de acordo com dados publicados nesta terça-feira.

Apesar de os dados mostrarem crescimento da demanda por carros de passeio na UE, o nível de entregas foi o segundo menor para o mês de maio desde 2003, disse a associação.

As vendas acumuladas no ano até maio na região de 30 países excluindo Malta subiram 6,6 por cento, para 5,62 milhões de carros, ante 5,27 milhões de unidades no mesmo período de 2013.

Quatro das cinco maiores fabricantes europeias mantiveram crescimento em maio, com ganhos de 5,2 por cento e 7,7 por cento na Alemanha e na Inglaterra, ofuscando a queda de 3,8 por cento da Itália.

As entregas subiram no sul da Europa, região fortemente atingida pela recessão econômica, com crescimento de 17 por cento na Espanha, 37 por cento em Portugal e 42 por cento na Grécia.

As vendas da Skoda, divisão checa da Volkswagen, subiram 23 por cento, as vendas da Renault cresceram 16 por cento, e da Opel, da General Motors, avançaram 6,2 por cento.

Por outro lado, as entregas na segunda maior montadora de luxo do mundo, a BMW, e na Audi, da VW, subiram apenas 1,4 por cento e 4,8 por cento.

(Por Andreas Cremer)