Conceito em atendimento de luxo do Copa Star pretende ser levado para outras capitais do Brasil

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

12 Dezembro 2016 | 15h34

Rio de Janeiro--(DINO - 12 dez, 2016) - Esqueça tudo que você sabe sobre hospitais, o Copa Star traz um novo conceito para o Brasil.

Localizado na rua Figueiredo Magalhães, em Copacabana, o hospital lembra um hotel luxuoso de cinco estrelas, foi pensado para pessoas que desejam um atendimento exclusivo e único em todo o país. O Copa Star foi idealizado pela Rede de hospitais D'Or São Luiz, que tem como meta levar o modelo a todo o país.

Já imaginou ir a um hospital e encontrar em seus corredores galerias com obras de arte? O hospital reúne 231 peças do pintor japonês Yutaka. Esqueça o trânsito de macas e enfermeiros. O hospital dispõe de uma área anexa exclusiva para o trânsito de colaboradores e o transporte de pacientes. A unidade destaca-se pelo seu requinte e suntuosidade. São 21 mil metros de área construída, próximo a um dos mais belos cartões postais do país, a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Todo ambiente foi idealizado aos moldes de um hotel cinco estrelas e nem de longe lembra os hospitais convencionais. Desde o hall de entrada, passando pela decoração requintada com obras de artes expostas.

Nada daquele cheiro de éter, característicos dos hospitais, o Copa Star destaca-se, ainda mais dos demais, pelo tratamento que dá ao aroma. São utilizados tons amadeirados com toques cítricos. Outro ponto tratado com muito cuidado é a iluminação, que transmite ao paciente um ar de acolhimento e tranquilidade. Nada de luzes fortes e artificiais, o hospital foi pensado e desenhado para ter uma iluminação natural.

A gastronomia também segue conceito de luxo. O hospital dispõe de um restaurante que fica sob a tutela do chef suíço Steve Moreillon.

Foram investidos nesta primeira unidade mais de 400 milhões de reais. O início das obras ocorreu em 2013 e o resultado final foi um empreendimento para a classe AA. E a Rede D'Or São Luiz não pretende parar os investimentos e tem como meta espalhar este conceito inovador de hospitais por outras capitais do país. A rede planeja inaugurar nos próximos anos novas unidades nos grandes centros. O foco principal será as cidades de São Paulo e Brasília.

O hospital surge como opção para pacientes que frequentemente utilizam a ponte área Rio de Janeiro / São Paulo. Sobre o Copa Star, o médico cardiologista e fundador da Rede D"Or São Luiz, Jorge Moll explica " uma alternativa aqui no Rio de Janeiro para os dois hospitais paulistas: o Sírio-Libanês e o Albert Einstein",.

Tudo foi pensado minuciosamente, nos mínimos detalhes. Os idealizadores levaram em

consideração, a tecnologia e o tratamento diferenciado, prezando pelo acolhimento aconchegante. Para se ter uma ideia o Copa Star conta com 550 profissionais, entre assistenciais e de apoio, passando pela área de enfermagem e hotelaria. Os pacientes contam também com 113 médicos. O hospital oferecerá cirurgias de alta complexidade de cardiologia e neurologia. A Rede D"Or São Luiz investiu na aquisição de equipamentos médicos de ponta, visando o melhor atendimento, a fim de se tornar referência em todo o país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.