Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » LinkedIn está prestes a dar lucro à Microsoft - é o que destaca o executivo Flavio Maluf

Economia & Negócios

Importante: Conteúdo de responsabilidade da empresa.

Economia

Releases

LinkedIn está prestes a dar lucro à Microsoft - é o que destaca o executivo Flavio Maluf

( DINO - 09 fev, 2017) - Com a intenção clara de reforçar sua presença no mercado corporativo e passar a atuar na área de social, a Microsoft, em junho do ano passado, pagou 26,2 bilhões de dólares pelo LinkedIn - uma rede social para contatos profissionais, fundada em dezembro de 2002. A transação, no entanto, chegou a gerar preocupação do mercado ? visto que, a nota de risco da companhia foi elevada pela Moody´s Investors Service, uma das três maiores agências de classificação de risco de crédito, que considerou o alto nível de endividamento que seria acarretado pelo negócio.

0

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

09 Fevereiro 2017 | 11h54

Entretanto, felizmente para os investidores - que tiveram suas preocupações amenizadas, no final do mês de janeiro - pela primeira vez em 17 anos, o valor de mercado da empresa atingiu 500 bilhões de dólares. O fato é que a Microsoft se beneficiou pelo comportamento de alta das ações negociadas em Wall Street afetadas pelo "efeito protecionista de Donald Trump", reporta o presidente das empresas Eucatex, o empresário e executivo Flavio Maluf.

A última vez que a companhia havia chegado a esse patamar foi há cerca de 17 anos, durante o auge da bolha da internet no ano 2000. O LinkedIn, contudo, não é o responsável pela valorização recorde em questão, pontua Flavio Maluf , mas ele trouxe para a empresa uma receita de 228 milhões de dólares em 2016. O coordenador do mestrado profissional em administração da Fundação Getulio Vargas (FGV), Marcelo Coutinho, destaca que "a Microsoft ainda não teve lucro com a empresa em função dos custos com a compra, porém, isso deve acontecer ainda em 2017".

Mesmo valorizada, a Microsoft, porém, segue atrás da Apple e do Google em valor de mercado, informa o executivo Flavio Maluf . De acordo com Marcelo Coutinho, que analisou o balanço de 2016 da empresa, apesar da queda de 5% na receita com hardware, o crescimento de software, como serviço e armazenamento na nuvem, é o responsável por uma parcela crescente da receita. "Esse crescimento também foi verificado em outras empresas que investem na nuvem, como a Amazon. A maior parte dos lucros da Amazon hoje vem de serviços, mais do que o lucro com a venda de coisas físicas", avalia Coutinho.

O empresário Flavio Maluf

O presidente das empresas Eucatex começou a carreira em 1987, na área de trade do Grupo, e depois foi para a área industrial, onde permaneceu até o ano de 1996. Na mesma época, o tio do empresário, que era o atual presidente da Eucatex, o chamou para somar ao quadro de executivos da empresa.

Em 1997, depois de muito esforço e dedicação para que o empreendimento prosperasse cada vez mais e com consentimento de todos os envolvidos e familiares relacionados ao negócio, assumiu o cargo no qual está até hoje - a presidência da companhia

Desde o início de sua gestão como presidente, Flavio Maluf apostou em um processo de modernização. O empresário, que em uma de suas entrevistas declarou que não costuma desperdiçar oportunidades, sempre buscou o sucesso diário do Grupo Eucatex.

Website: https://flaviomalufoficial.com/

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.