Vendas Diretas minimizam o problema do desemprego, afirma especialista

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

22 Dezembro 2016 | 17h12

São Paulo--(DINO - 22 dez, 2016) - O problema do desemprego ainda é evidente no Brasil. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que 12 milhões de brasileiros estão fora do mercado de trabalho. O cenário continua difícil, mas ainda existe uma esperança para quem deseja empreender com baixo valor de investimento. No Brasil, o mercado de Vendas Diretas conta com mais de 4,5 milhões de pessoas e gera cerca de 8 mil empregos diretos. De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), o país ocupa a quarta posição no ranking da World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA), atrás apenas dos Estados Unidos, Japão e China.

O portal da ABEVD explica que "venda direta é um sistema de comercialização de bens de consumo e serviços baseado no contato pessoal entre vendedores e compradores, fora de um estabelecimento comercial fixo". Esse sistema de negócio oferece vantagens para todos os envolvidos, dentre elas está uma que agrada a qualquer pessoa: investir pouco dinheiro inicial e obter bons resultados. Para os revendedores, esse serviço é uma ótima alternativa de renda, aberta a qualquer pessoa, independentemente de idade, escolaridade, sexo ou até mesmo experiência anterior. Além disso, eles também têm o benefício de trabalhar em horários flexíveis, ganhar conforme a dedicação e se desenvolver pessoal e profissionalmente.

Através das Vendas Diretas é possível trabalhar nos mais diversos setores da economia: de cosméticos e produtos de limpeza a recipientes plásticos para alimentos e suplementos nutricionais. Outra grande vantagem para o próprio empreendedor é o potencial de expandir o alcance geográfico dos produtos que ele trabalha. A respeito da renda, no sistema Mononível o revendedor compra o produto e o revende com uma margem de lucro média de 30%. Já no sistema Multinível, além da margem de lucro, o revendedor que indicar outros revendedores também ganha uma porcentagem em cima dessas vendas, e os ganhos são proporcionais ao esforço empregado.

Edmundo Roveri é especialista em Vendas Diretas, com ênfase no Marketing de Relacionamento, e seguramente indica esse setor para quem deseja empreender em 2017. Roveri é considerado hoje um empreendedor de sucesso. O especialista conheceu o segmento de Vendas Diretas em 1992 e, desde 2003, atua profissionalmente nessa área como empreendedor, executivo, consultor de empresas, escritor e líder de equipes. Em 2014, quando voltou a montar equipes junto à Ares Beleza & Bem Estar, Roveri se destacou entre os servidores da empresa atingindo bônus milionários.

Com as experiências que obteve, hoje ele se dedica a treinar e inspirar pessoas no empreendedorismo, a fim de que elas conquistem liberdade, felicidade e sucesso, coisas essas que ele já conquistou e continua conquistando no decorrer de sua carreira. Acompanhe o especialista Edmundo Roveri nas redes sociais e conheça mais sobre esse trabalho que ele vem realizando no ramo de Vendas Diretas e empreendedorismo: @edmundoroveri, no Instagram; e Edmundo Roveri, no Facebook.

Website: http://edmundoroveri.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.