Estadão
Estadão

Conta de luz fica mais cara em SP a partir desta terça-feira

Aumento aplicado pela fornecedora Eletropaulo é de 5,37% para residências e 2,37% para indústrias

Agência Brasil

04 Julho 2017 | 15h34

Os moradores da Grande São Paulo estão pagando mais caro pelo consumo de energia elétrica a partir desta terça-feira, 4. É que começou a valer o aumento da AES Eletropaulo aplicado ao fornecimento de luz, que deve impactar em uma conta 4,48% maior no final do mês.

De acordo com o reajuste autorizado no último dia 27 de junho pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a tarifa subiu 5,37% para as residências e 2,37% nas indústrias.

+ Sem alta no preço do feijão e da energia, junho teria IPC negativo

Essa elevação está sendo aplicada a 20,1 milhões de clientes, em 24 cidades. Desse total, 6,9 milhões estão localizados na região metropolitana de São Paulo e o restante nos municípios no oeste do estado de São Paulo.

A AES Eletropaulo responde pela distribuição de 34,1% da energia consumida no estado, um universo que representa 9,8% do consumo nacional.

Mais conteúdo sobre:
Conta de Luz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.