Werther Santana|Estadão
Werther Santana|Estadão

Consumidor obtém desconto de 15% na compra de imóvel no 1º semestre

Apesar de abatimento no preço, maioria ainda não encontrou o imóvel desejado, segundo levantamento da plataforma VivaReal

Malena Oliveira, O Estado de S.Paulo

17 Julho 2017 | 05h00

Um levantamento feito pela plataforma VivaReal, que disponibiliza imóveis para locação e venda no Brasil, revelou que, no primeiro semestre deste ano, quem encontrou o imóvel desejado para comprar obteve um desconto na casa dos 15%, tanto de unidades novas quanto de usadas.

Porém, a maioria ainda não encontrou o que deseja no mercado e espera que os preços se mantenham estáveis nos próximos meses.

A pesquisa foi feita em junho com 1,3 mil consumidores, a maioria (63%) com renda familiar superior a R$ 3.418 por mês. A maior parte (79%) não encontrou o imóvel desejado, seja para compra, seja para aluguel. Entre eles, 65% querem comprar, 25% querem alugar e 10% desistiram da compra.

+ Condomínios fazem acordos para não perder inquilinos

Entre os 21% que encontraram, 49% alugaram, 28% compraram um imóvel usado e 23% compraram um imóvel novo (lançamento). Os descontos médios na venda tanto de novos quanto de usados foram de 15,4%.

A pesquisa revela que para quase 80% dos consumidores os preços dos imóveis estão altos e permanecerão estáveis no 2º semestre. No entanto, eles esperam que a flexibilidade na negociação aumente nos próximos meses.

+ INFOGRÁFICO: Como comprar um imóvel

Também os 914 corretores e imobiliárias consultados acreditam na estabilidade dos preços de venda, mas uma queda nos valores para aluguel. "Isso está alinhado com os recentes indicadores do IGP-M, que sofreu quedas consecutivas nos últimos 3 meses deste ano e também no consolidado dos últimos 12 meses, dado raro que não acontecia desde 2010", diz Lucas Vargas, presidente da VivaReal.

Os consumidores se sentem otimistas com a situação familiar (66%) e com o mercado imobiliário no segundo semestre de 2017 (46%). A situação política do País, no entanto, é citada pelos entrevistados como fator que pode atrapalhar essa recuperação.

Mais conteúdo sobre:
imóvel

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.