Pixabay
Pixabay

Emirates busca pilotos e Shell e EY recrutam universitários

As vagas são para estudantes de cursos como Engenharia, Direito, Comunicação, TI, entre outras; ONG procura interessados em trabalhar fora do País

Nathalia Larghi, O Estado de S.Paulo

17 Julho 2017 | 05h00

Para quem está em busca de emprego no Brasil, empresas como a Emirates, Ernst & Young e Shell estão com vagas abertas. As oportunidades vão desde estágios e programas de trainee até níveis mais avançados.

A companhia aérea Emirates, por exemplo, está em busca de pilotos no País. A empresa fará um evento para recrutar profissionais nos dias 27 e 28 de julho em São Paulo. 

O chamado roadshow acontecerá no Bourbon Convention Ibirapuera Hotel. Interessados que não conseguirem participar do roadshow também podem fazer a aplicação online.

Os universitários e recém-formados devem ficar atentos às vagas de trainee da Ernst & Young. A consultoria procura estudantes universitários ou profissionais com até dois anos de formados. 

São aceitos candidatos de Administração, Ciências Atuariais, Direito, Economia, Engenharias, Estatística, Física, TI, Matemática e Relações Internacionais. O processo seletivo tem avaliação curricular, provas de português, lógica, inglês e contabilidade, dinâmica de grupo e entrevistas. As inscrições podem ser feitas pelo site do programa.

A Shell oferece inúmeras vagas no site da empresa. A maioria para universitários do Rio de Janeiro que cursam Administração, Direito, Economia, Engenharia de Produção ou Relações Internacionais e se formam entre dezembro de 2018 e julho de 2019. Os candidatos precisam ter inglês avançado e podem se inscrever aqui.

A ONG AFS Intercultura Brasil tem oportunidade para aqueles que desejam morar fora. Estão abertas as inscrições para programas de intercâmbio com estágio na Espanha e Itália. Para se candidatar, o profissional precisa ter entre 18 e 30 anos. As vagas vão desde o nível médio até a pós-graduação. 

São procurados candidatos das áreas de Educação, Engenharia, Comunicação, Marketing Esportivo, Informática, Agronomia, Cerâmica, Gastronomia, Moda e Negócios Internacionais. O programa vai de dois a seis meses e custa a partir de € 2.100 (ou R$ 7.560) e a bolsa-auxílio é de cerca de € 600. A inscrição deve ser feitas no site da instituição.

Mais conteúdo sobre:
Emprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.