Wilson Dias/Agência Brasil
Wilson Dias/Agência Brasil

Silvio Santos influencia mais carreira de jovem do que Kéfera e Neymar, diz pesquisa

O engajamento nas redes sociais não é garantia de influência na vida real dos jovens, principalmente quando o assunto é carreira

O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2017 | 05h00

Uma pesquisa feita pela consultoria Page Talent com a Inova Business School mostra que personalidades como Kéfera, Neymar, Eduardo Suplicy e Kim Kataguiri influenciam pouco a carreira dos jovens

Na hora de falar sobre trabalho, os jovens nascidos a partir da década de 90 se inspiram em Steve Jobs, Jorge Paulo Lemann e o apresentador brasileiro Silvio Santos.

Mesmo com nomes renomados e outros curiosos na lista, o destaque do levantamento ficou com a ausência de referência para os jovens.

Para 10% dos participantes da pesquisa, ninguém foi apontado como referência, seguido por Steve Jobs (8%), Jorge Paulo Lemann (5%), Silvio Santos (4%), Barack Obama (3%), Jesus Cristo (3%), Bill Gates (3%), Flávio Augusto da Silva (3%), Elon Musk (2%) e Mark Zuckeberg (2%). 

++Mentira do currículo tem pernas curtas e compromete o candidato

++Google Brasil abre programa de estágio

“Por se tratar de uma geração amplamente conectada, esperávamos até que outros nomes mais ligados ao dia a dia desses jovens aparecessem na pesquisa. Isso mostra que essa turma procura para suas carreiras a inspiração de pessoas ligadas à inovação, empreendedorismo e sucesso”, explica a gerente-executiva da Page Talent, Manoela Costa.

Ela acredita que para os jovens dessa geração, imersos em muitas plataformas e aparelhos diariamente, ficou mais difícil identificar quem é o seu melhor porta-voz.

Para o levantamento, 4.093 candidatos a programas de estágio e trainee e 310 representantes da área de Recursos foram ouvidos.

 

Mais conteúdo sobre:
Trabalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.