AlmapBBDO é a agência do ano em Cannes Lions pela quarta vez
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

AlmapBBDO é a agência do ano em Cannes Lions pela quarta vez

fernandoscheller

25 Junho 2016 | 16h04

AlmapBBDO leva o título de agência do ano em Cannes

AlmapBBDO leva o título de agência do ano em Cannes

A AlmapBBDO ganhou o título de agência do ano no Cannes Lions – Festival Internacional de Criatividade de 2016. Foi a quarta vez que a empresa conquistou o título (as outras foram em 2000, 2010 e 2011). O resultado veio apesar de o total de Leões do Brasil ter caído em 16,6% em relação ao ano passado. O País conquistou este ano 90 Leões, contra 108 de 2015. O Estadão é o representante oficial do evento no País.

A Almap conquistou 21 Leões, incluindo três ouros, liderando com folga entre as companhias brasileiras. O título de Agência do Ano veio apesar de a empresa ter devolvido dois Leões de bronze por causa de uma polêmica envolvendo uma campanha da Bayer. A agência também foi responsável pela peça que trouxe individualmente o maior número de Leões para o Brasil este ano: a série de anúncios para Getty Images que formou rostos de personalidades famosas a partir de imagens de arquivo da agência de imagens.

O resultado veio também no ano em que o publicitário Marcello Serpa, um dos fundadores da Almap, foi escolhido para o prêmio pelo conjunto da obra concedido todos os anos pelo festival. Aos 53 anos, o brasileiro foi o mais jovem a receber a honraria.

Brasil. Dos 90 prêmios angariados pelo País, foram 10 Leões de ouro, 22 de prata e 58 de bronze. No último dia de resultados, o País ficou de fora das premiações em Titanium Lions e de Film Craft. Os melhores desempenhos das agências brasileiras foram em Outdoor (17 Leões) e Print & Publishing (13). A premiação também reflete a queda do total de inscrições de agências brasileiras.

Ontem, em Film Lions, que julga os melhores filmes publicitários do ano, o Brasil trouxe três bronzes para casa. Dois vieram para a AlmapBBDO, por campanhas feitas para a Volkswagen e para a Getty Images. O terceiro Leão foi para a Akqa São Paulo, pela produção de um videoclipe interativo para o cantor americano Usher.

Em Integrated Lions, que julga as campanhas que melhor conseguem resultados usando as diferentes mídias disponíveis – impresso, TV e digital, por exemplo –, o País também ganhou um bronze, novamente para o trabalho da AlmapBBDO para a Getty Images.

AlmapBBDO: ouro para campanha da Getty Images

AlmapBBDO: ouro para campanha da Getty Images

Crise. Para o publicitário Nizan Guanaes, fundador do Grupo ABC, é natural que o resultado do Brasil seja mais discreto em um momento em que a economia nacional sofre tanto – o Produto Interno Bruto (PIB) teve retração de 4% em 2015 e a expectativa é de um novo resultado negativo este ano.

“É absolutamente normal que o número de prêmios tenha caído. Aliás, seria estranho se isso não tivesse acontecido”, disse Nizan ao Estado. “Acho que a indústria da comunicação está mostrando resiliência e sempre superou o desempenho geral do País. Nas premiações, nós sempre estamos entre o terceiro e o quinto lugares, e nunca fomos a quinta maior economia (do planeta).”

Sócio da AlmapBBDO e membro do júri de Titanium Lions, Luiz Sanches afirmou que, de uma maneira geral, os clientes estão menos dispostos a correr riscos em um momento de crise e de vendas incertas. Ele afirmou, no entanto, que a Alamp conseguiu transformar a linguagem da comunicação de duas de suas maiores contas – a Volkwagen e a C&A – justamente no momento de dificuldade. “Existem oportunidades que podem ser aproveitadas na crise.”

Sanches também comentou a decisão da Almap de abrir mão de dois Leões de bronze, o que o reduziu o total de prêmios do País de 92 para 90. “Intencionalmente ou não, nós erramos. Percebemos, pedimos desculpas e retiramos todas as peças da Bayer do festival.”