Brasil terá número recorde de jurados em Cannes
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil terá número recorde de jurados em Cannes

Maior festival de criatividade do mundo terá 21 brasileiros no júri; ‘Estadão’ é representante oficial do evento no País

fernandoscheller

19 Abril 2016 | 21h22

O Brasil vai para o Cannes Lions – Festival Internacional de Criatividade deste ano, que acontece a partir de 18 de junho, com uma comitiva recorde de jurados. Ao todo, serão 21 representantes de agências, produtoras e empresas nacionais. Trata-se, na realidade, da renovação de um recorde já estabelecido no ano passado, quando o País teve 18 representantes nos júris das diferentes categorias. O ‘Estadão’ é o representante oficial do Cannes Lions no País.

Após anunciar 17 jurados em abril, o festival confirmou, na semana passada, mais três nomes locais. São eles: Claudia Colaferro, presidente da rede Dentsu Aegis na América Latina, que vai julgar a categoria Glass Lions (prêmio que destaca campanhas que tenham feito a diferença para a sociedade); Luciana Haguiara, diretora de criação digital da AlmapBBDO, em Digital Craft; e Domênico Massareto, diretor de inovação do grupo TBWA\Brasil, em Mobile Lions.

Nesta terça-feira, 19, em evento de confraternização dos jurados de 2016, o diretor executivo comercial do Grupo Estado, Flávio Pestana, anunciou mais um nome: Luiz Sanches, sócio e vice-presidente de criação da AlmapBBDO, que será jurado na categoria Titanium (considerada a principal premiação do festival).

cannes_rau_blog

Jurados brasileiros buscam campanhas criativas e estratégicas para as marcas (Foto: Felipe Rau/Estadão)

Expectativas. Os jurados brasileiros deste ano estão em busca de campanhas criativas e diferentes, mas que tenham aplicação em larga escala e realmente se mostrem estratégicas para as marcas. “Eu acho importante premiar uma peça que tenha relevância, e não algo que seja apenas criado para um nicho ou para dar suporte à campanha em si”, disse Jaakko Tammela, sócio da Questto Nó, que vai julgar peças em Product Design.

Para Ricardo John, vice-presidente de criação da JWT e único presidente de júri brasileiro em 2016, é importante que as campanhas consigam desafiar sua própria categoria. No caso de Outdoor Lions, ele diz que a tecnologia está reinventando velhos conceitos e que os publicitários precisam cada vez mais pensar no momento em que estão se aproximando dos consumidores. “Se o outdoor está no metrô, a mensagem pode ser mais longa. Se estiver numa estrada, o período de atenção é muito menor”, exemplifica.

Compartilhar. Jurado em Print & Publishing Lions, uma das categorias mais tradicionais do festival, o presidente da Publicis Brasil, Hugo Rodrigues, diz que, independentemente da categoria em que a peça estiver classificada, hoje o desafio de toda a publicidade é transformar o consumidor em mídia. A ideia é que o trabalho seja tão interessante que o próprio consumidor queira compartilhá-lo. “Foi o que aconteceu com a campanha Retratos da Beleza Real, de Dove, alguns anos atrás.”

Na categoria de PR (que julga o segmento de relações públicas), o representante brasileiro será Edson Giusti, sócio da agência Giusti. Embora admita que as agências de relações públicas têm aparecido pouco entre os premiados na categoria, Giusti acredita que essa realidade esteja prestes a mudar. “Acho que, além do trabalho de estratégia e mídia tradicional, hoje também importa o que é feito nas mídias sociais. E, neste espaço, há bem mais chance para sermos criativos.”

Outra estreante em Cannes é a presidente da agência de eventos Momentum, Maria Laura Nicotero. Após atuar por15 anos no Meio & Mensagem, a executiva chega a Cannes Lions enquanto prepara eventos relacionados à Olimpíada do Rio para três grandes clientes: Bradesco, Nissan e TAM.

Como de costume, um jurado “veterano” do festival participa do almoço que reúne os escolhidos para o ano. O publicitário Mário D’Andrea, presidente da Dentsu Brasil e por três vezes jurado, destacou a importância da participação brasileira: “O resultado da nossa delegação é um espelho que nos mostra o país que gostaríamos de ver. E que prova que o Brasil consegue fazer as coisas bem e se destacar (internacionalmente)”.

Confira a lista completa dos jurados:

– Creative Effectiveness
Cris Duclos, Vivo

– Cyber
Igor Puga, DM9DDB

– Design
Margot Takeda, A10

– Direct
Rodrigo Jatene, Grey

– Digital Craft
Luciana Haguiara, AlmapBBDO

– Entertainment
Tadeu Jungle, Academia de Filmes

– Entertainment for Music
Roberta Medina, Rock In Rio

– Film
Rodrigo Castellari, F/Nazca

– Film Craft
Mateus de Paula Santos, Vetor Zero

– Glass Lions
Claudia Colaferro, Dentsu Aegis

– Health & Wellness
André Laurentino, Ogilvy

– Innovation
Fred Saldanha, Isobar

– Media
Luís Padilha, Havas

– Mobile
Domênico Massareto, TBWA\Brasil

– Outdoor
Ricardo John, JWT (presidente de júri)

– PR
Edson Giusti, Giusti Comunicação

– Print & Publishing
Hugo Rodrigues, Publicis

– Product Design
Jaakko Tammela, Questto Nó

– Promo & Activation
Maria Laura Nicotero, Momentum

– Radio
Rafael Urenha, DPZ&T

– Titanium
Luiz Sanches, AlmapBBDO