Yahoo vai medir eficiência de vídeos na web
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Yahoo vai medir eficiência de vídeos na web

Fernando Scheller

20 de junho de 2013 | 17h00

Na tentativa de recuperar sua relevância, o Yahoo também aposta na matemática. Segundo Erin McPherson, vice-presidente da área de vídeos da empresa, o objetivo é oferecer aos anunciantes ferramentas que meçam a audiência de vídeos exibidos online, com informações complementares sobre compartilhamentos em redes sociais e a quantidade de cliques em anúncios que um determinado conteúdo gerou.

“Queremos ter uma plataforma segura de estatística, para que as empresas possam compará-la com as oferecidas pelas redes de televisão”, diz Erin ao Estado em Cannes. Segundo a executiva, esses dados deverão estar disponíveis para os clientes do Yahoo em um prazo de 18 a 24 meses.

Embora a plataforma de conteúdos tradicionais do Yahoo esteja bem desenvolvida, Erin admite que a empresa terá de se adaptar à era do conteúdo gerado pelo cidadão comum, que hoje quase sempre acaba parando no YouTube, que pertence ao rival Google.

A empresa pretende classificar os vídeos caseiros dentro das plataformas de assuntos com as quais já trabalha – como esportes, finanças e entretenimento –, para que eles não fiquem “soltos” em uma ferramenta de busca. “A ideia é que esses vídeos possam estar dentro dos conteúdos organizados pelo Yahoo.”

Ela diz que um dos movimentos para facilitar o compartilhamento de vídeos está sendo feito por uma das empresas do Yahoo, o Flickr. Recentemente, a empresa dobrou o tamanho dos vídeos que podem ser carregados na ferramenta de 90 segundos para 3 minutos.

Tudo o que sabemos sobre:

anúnciosinternetvídeosyahoo

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.