British Airways fez campanha para ingleses não viajarem durante as Olimpíadas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

British Airways fez campanha para ingleses não viajarem durante as Olimpíadas

karlamendes

20 de agosto de 2012 | 19h27

As Olimpíadas de Londres já acabaram, mas eu não poderia deixar de escrever sobre a curiosa campanha que a British Airways (a maior companhia aérea da Grã-Bretanha) fez durante os jogos olímpicos. O país foi inundado de publicidade da companhia aérea em outdoors, anúncios de TV e até em táxis, fazendo um apelo à população  para que não viajasse nesse período, em nome do espírito olímpico.

 

Frases como “Esqueça o seu passaporte” ou “É só uma vantagem para o país se você estiver em casa”, acompanhada do slogan: “Não voe. Apoie o time da Grã-Bretanha” chamaram a minha atenção. É claro que aqui em Londres a crise não chega aos pés da vivida por outros países da Europa, como Espanha, Portugal, Grécia e Irlanda, mas as pessoas já sentem alguns efeitos na pele.

 

Conversei com um equatoriano que trabalha como auxiliar de serviços gerais no prédio de um amigo meu, e, para ele, o maior efeito disso é a inflação. Ele mora aqui há seis anos e disse que desse período para cá o custo do aluguel, transporte e alimentação dispararam. Além disso, o tempo para conseguir emprego também aumentou.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.