Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Área de cultivo transgênico cresce 20% no Brasil

Estadão

22 de fevereiro de 2011 | 19h12

No ano passado o Brasil plantou 25,4 milhões de hectares de soja, milho e algodão transgênicos, um aumento quase 20% em relação à área plantada em 2009 (21,4 milhões de ha).

Com isso, o Brasil se consolida na segunda posição do ranking dos países que mais plantam alimentos transgênicos, atrás apenas do Estados Unidos, que em 2010 plantou 66,8 milhões de hectares. Completam a lista dos cinco países que mais produziram transgênicos em 2010 a Argentina (22,9 milhões de ha), a Índia (9,4 milhões de ha) e o Canadá (8,8 milhões de ha).

Os dados são de um estudo divulgado pelo Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações Agro-Biotecnológicas (ISAAA), que dá conta que no mundo foram plantados, em 2010, 148 milhões de hectares de alimentos transgênicos, um crescimento de 10% em relação ao ano anterior (134 milhões de hectares). Ao todo, 15,4 milhões de agricultores de 29 países plantaram culturas geneticamente modificadas.

De acordo com o estudo, a Soja foi a cultura transgênica mais plantada por aqui ano passado. Atualmente, 75% da área plantada com o grão (17,8 milhões de ha) é transgênica. O milho vem logo atrás, com 7,3 milhões de hectares plantados com variedades transgênicas (55% do total da área plantada). Por último vem o algodão, cuja área transgênica plantada foi de 250 mil hectares, o equivalente a um quarto do total cultivado.

Tudo o que sabemos sobre:

algodãocultivoIsaaamilhosojatransgênicos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: