Jeru do Brumado vai a leilão

Estadão

16 de setembro de 2010 | 16h00

Quem comparecer à Exposição Internacional da Raça Nelore (Expoinel), Uberaba (MG) neste fim de semana, mais especificamente no domingo, às 13h,poderá ter a chance de conferir a venda do Jeru Jiv Brumado, um dos mais importantes touros reprodutores da raça nelore na atualidade. Considerado a principal joia do plantel da Fazenda Brumado, Jeru terá 50% de seus direitos vendidos no oitavo leilão do plantel de matrizes e reprodutores do falecido criador e selecionador de nelore e brahman Rubico Carvalho. Os outros 50% continuam a pertencer ao criador Luis Humberto Borges, que os adquiriu quando o touro tinha apenas oito meses.

O leilão é um dos mais esperados desde que a família, em razão do falecimendo do patriarca Rubico Carvalho (em julho de 2009), anunciou a venda de todos os animais da Brumado, que ao longo dos anos se tornou sinônimo de qualidade na raça nelore. Isso porque serão ofertados 76 animais puros de origem (PO), da cabeceira do rebanho. Ou seja, os melhores exemplares do famoso rebanho.

Além de Jeru, que atualmente ocupa a 5ª posição no ranking de reprodutores da Associação dos Criadores de Nelore no Brasil (ACNB) e que é o líder do ranking entre os touros ainda vivos,  serão leiloados durante a Expoinel mais 4 touros reprodutores e 71 matrizes, entre vacas e novilhas. Todos puros de origem.

Jeru Fiv Brumado, líder do ranking entre os reprodutores vivos, será a principal atração no leilão. Foto de Nativa/ Divulgação

Jeru Fiv Brumado, líder do ranking entre os reprodutores vivos, será a principal atração no leilão na Expoinel. Foto de Nativa/ Divulgação

De acordo com Antônio José Prata Carvalho, o Tonico, filho de Rubico Carvalho, até agora foram vendidos nos sete leilões já realizados para a liquidação do plantel da Brumado quase 700 animais e mais de 12 mil doses de sêmen. No próximo dia 25 de setembro Tonico conta que a família irá leiloar mais 145 fêmeas da raça brahman. Em novembro a família concluirá a venda do plantel, com um leilão de 300 fêmeas brahman puras de origem e puras de origem importada (POI). Ao todo, de acordo com Tonico, a expectativa é a de que a venda dos mais de mil animais renda um montante aproximado de R$ 23 milhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.