Restaurante sem garçom e sem contato humano faz sucesso nos EUA
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Restaurante sem garçom e sem contato humano faz sucesso nos EUA

Aberto em São Francisco, na Califórnia, dono planeja levar experiência de atendimento automatizado para outras cidades do país

ALTAMIRO JUNIOR

16 Setembro 2015 | 13h29

NOVA YORK – Um restaurante sem garçons e com atendimento totalmente automatizado está fazendo sucesso na Califórnia e os donos já planejam expansão para outras cidades dos Estados Unidos. Aberto recentemente na cidade de São Francisco, o Eatsa vende saladas sem contato humano e ganhou repercussão nos últimos dias na imprensa norte-americana.

 

O cliente chega no restaurante, escolhe em uma tela uma das oito opções de saladas com quinoa. Em seguida, digita em um iPad seu pedido, paga com cartão e quando o prato estiver pronto, o nome do consumidor aparece em um compartimento transparente, com telas de LCD, que ele mesmo abre e retira a salada.

 

O interior do restaurante em São Francisco (Foto: Divulgação)

O interior do restaurante (Foto: Divulgação)

 

“Não se veem sinais de envolvimento humano”, descreveu a repórter do jornal The New York Times. O fundador do restaurante, David Friedberg, um empreendedor do setor de softwares, declarou ao jornal que há planos para automatizar também a preparação das saladas, desde que os custos compensem. O restaurante também tem recebido críticas de algumas entidades, alertando que máquinas estão roubando mais empregos dos norte-americanos.

 

O restaurante foi aberto oficialmente no último dia 31 de agosto e o plano é abrir mais duas unidades nos próximos meses, uma delas em Los Angeles. Além da automatização, outra diferenciação do Eatsa é a especialização em quinoa. Todas as opções de saladas são com o produto e custam US$ 6,95. O site do restaurante destaca que a quinoa é rica em proteínas e o objetivo é oferecer uma opção de comida rápida também saudável e nutritiva.

Mais conteúdo sobre:

restaurante; automatização