Falta de decoro parlamentar

Decisão da Justiça não é para ser cumprida?? Isto é um barbaridade constitucional, um crime! Tem que cassar!

Antonio

08 Fevereiro 2018 | 10h34

Eu não discuto, tungar o caixa alheio é quebra de decoro parlamentar. Tem que cassar os congressistas que fazem isso, o que é complicado porque são centenas. Da mesma forma que tem que tirar do Congresso os elementos que perdem a vergonha na cara e praticam as maiores barbaridades. Infelizmente, costuma ficar o dito pelo não dito, o espírito de porco defende os bandidos, impedindo a cassação do mandato.

Não, o fenômeno não é brasileiro. No mundo inteiro é mais ou menos igual. Político é político em qualquer parte e, se aprofundar a pesquisa, vai ver que em outros lugares não fazem o que fazem por aqui apenas porque, se forem pegos – e a chance é grande –, acabam na cadeia e com as carreiras destruídas. Mas não se preocupe, mesmo assim muitos dão um jeito de levar vantagem, seja exportando armas para a África, seja sumindo com a grana congelada do Iraque, seja de várias outras maneiras, normalmente pensadas para se dar bem com o mínimo de esforço.

O que destoa é que, no mundo civilizado, não ocorre nem mesmo ao líder mais destemperado enfrentar o Judiciário, afirmando que decisão da Justiça não é para ser cumprida, ainda que proferida em julgamento colegiado, respeitadas todas as regras processuais.

No Brasil também era assim. Agora senadores do PT resolveram atacar e difamar a Justiça Federal, denegrindo decisões judiciais que eles não gostam porque condenaram Lula, o grande eleitor de postes.

Perto disso, os outros casos de quebra de decoro parlamentar são brinquedo de criança. O que os senadores petistas, comandados pela presidente do PT, estão fazendo é uma barbaridade constitucional. É crime. É incitar a convulsão social, o desmonte da ordem legal e a instalação do caos pelo repúdio à Constituição. Será que o Congresso não vai fazer nada? Tem como dizer que não há falta de decoro? Pois é, tem que cassar.