Feliz ano novo!

Todos os bons desejos deste mundo para 2018!

Antonio

03 de janeiro de 2018 | 10h45

2017 acabou. Graças a Deus, 2017 acabou! Êta ano complicado! As coisas se arrastaram, não teve azeite, nem graxa que facilitasse o ritmo da vida. Eu tenho um amigo que diz que a alternativa poderia ser muito pior. É verdade, ele está certo, existe sempre uma opção pior. Então não temos que nos queixar, nem quando as coisas correm muito mal. Elas sempre poderiam ser piores.

Mesmo assim, que bom que 2017 acabou! Que bom que 2018 chegou! Que bom que a vida segue em frente e, como não há mal que sempre dure, o ano que começa tem tudo para ser a encruzilhada que faz diferença porque nele o céu pode ficar mais azul, o horizonte, mais profundo e a estrada tem nascentes ao longo de todo o caminho.

Neste ano, o por do sol será mais vermelho, a lua cheia mais brilhante, os ventos soprarão com menos força e as chuvas serão criadeiras.

Neste ano, todos os sonhos serão possíveis, todas as esperanças se materializarão, todas as mágoas ficarão para trás.

Quem quiser fazer, fará.  E o mundo vai girar no ritmo da felicidade, da alegria, com saúde e muita paz.

Paz! Que a paz do Senhor esteja no meio de nós. Mas o que é a paz? Será que em algum momento o mundo soube o que era a paz? Tenho minhas dúvidas… Por isso, que a paz possível seja parte da sua vida, da minha vida, da vida de todos nós.

Que cada dia traga uma surpresa boa, um momento de felicidade, a possibilidade do encontro.

Que o antes seja ótimo e o depois melhor ainda. Que todos, absolutamente todos, fiquem mais perto do que procuram e que a busca seja sempre um novo recomeço.

Feliz ano novo! Amém!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.