Liberdade de expressão

Liberdade de expressão é democracia, é sagrada, é fundamental... não aceitem que queiram te calar!

Antonio

10 Agosto 2018 | 11h01

O ponto alto da democracia é a liberdade de expressão. A capacidade de dizer o que se pensa, da forma como se pensa, respeitados os limites da lei. Nenhum outro atributo ou qualidade do sistema se iguala a este.

A liberdade de expressão ampla, sem barreiras ou censuras, inclusive quando a expressão é frontalmente contra o regime democrático.

A liberdade de expressão é tão sagrada que as verdadeiras democracias admitem opiniões as mais variadas, até quando estas propõem o fim da própria democracia.

A democracia admite que cada um pense o que quiser e, mais importante, expresse o que pensa, por mais absurdo, sem sentido, estúpido ou disparatado que pareça.

Liberdade de expressão implica em liberdade de credo, ideologia política, time de futebol, gosto, preferência, tendência ou o mais em que se aplicar o conceito. Implica no Estado garantir a cada um o direito de professar suas crenças, de viver de acordo com elas, de externá-las em locais públicos, independentemente de estar de acordo com a doutrina no poder.

Liberdade de expressão é poder discordar, dizer não aos poderosos ou donos do governo. Implica na faculdade de mostrar as mazelas que porventura atrapalhem ou interfiram em todas as células da sociedade.

Liberdade de expressão é o princípio fundamental que garante a existência e o funcionamento da imprensa livre.

Livre para apoiar, criticar, combater e apresentar alternativas a favor ou contra, seja lá do que for.

Liberdade de expressão permite o grito dos excluídos, a voz dos que pagam a conta, as posições que permeiam a sociedade e fazem do ser humano um ser plural. Aceite tudo, menos quererem te calar.