finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Pernilongo ou borrachudo?

É difícil decidir qual tortura é maior, mas desumana... o zumbido do pernilongo ou o inchado da picada do borrachudo??

Antonio

13 de dezembro de 2019 | 07h44

Imagine um torturador marciano em frente de um prisioneiro terráqueo de quem ele deseja saber o segredo da pedra filosofal. A pedra filosofal dá poderes impressionantes aos que conhecem seus segredos, mas será que nosso herói tem força física e moral para suportar a tortura prestes a desabar sobre ele?

É uma pergunta difícil e o ponto certo para encerrar o capítulo de hoje. Amanhã sua “batev” prosseguirá, na saga dos marcianos que invadiram a Terra atrás do segredo da pedra filosofal.

Mas se a TV encerra a novela neste momento crucial, o site de fofocas e fake news, o fake de Tamaracá, entra no ar trazendo a ameaça que ameaça nosso herói e que o torturador marciano chacoalha em frente de seus olhos, num trailer do que será a tortura e a escolha diabólica colocada para a decisão do ser humano.

Numa caixinha feita com caixa de fósforos e alfinetes está um pernilongo, na outra, exatamente igual, um borrachudo. Os dois aprisionados há dois dias e, desde então, sem receberem uma gota de sangue.

Democraticamente, o marciano oferece ao pré-torturado a chance de falar antes da tortura começar. Se ele não falar em 30 segundos, o herói ficará a mercê da crueldade do marciano que escolherá entre o pernilongo e o borrachudo qual terá o privilégio de começar a sugá-lo.

Só quem já passou a experiência de ter um borrachudo por perto sabe que apenas um pernilongo zumbindo no ouvido pode ser pior. A escolha apresentada é cruel e dramática. Ficar em silêncio e ser devorado vivo por um dos dois mosquitos é decisão para os mais fortes, os heróis intergalácticos.

Ao terráqueo sobra a escolha: o pernilongo com seu zumbido ou o borrachudo com seu inchaço. Não, humanamente, ele prefere falar antes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: