Qual seu restaurante preferido?

Em questão de restaurantes, em São Paulo não é fácil escolher, mesmo entre os mil que fazem a diferença na cidade. Escolha o que você quer comer hoje e bom apetite!

Antonio

08 de novembro de 2019 | 11h20

Qual seu restaurante preferido? A pergunta, em São Paulo, não é fácil de ser respondida. A cidade é um enorme restaurante, com milhares de opções, de sanduíches a pratos os mais sofisticados e estranhos.

São Paulo tem de tudo. Até o que você nunca imaginaria que pudesse ter, se procurar, vai achar. A gastronomia é um dos pontos fortes da cidade e atrai milhares de turistas, que vêm para cá não só atrás da peça de teatro, do musical ou do museu, mas também para comer e beber do bom e do melhor.

Elencar dez grandes restaurantes é fácil. O duro é dizer qual o que você acha melhor. E não precisa ser caro, o melhor pode ser barato ou, pelo menos, menos caro. Não sei se São Paulo ainda tem restaurantes realmente baratos entre os mil que fazem a diferença em qualquer lista de publicação especializada.

Mas não é mérito nosso. No mundo inteiro a boa gastronomia custa caro. E se você for a um bom restaurante em Nova Iorque ou Londres, vai achar o preço dos nossos mais do que razoável.

Eu gosto de frequentar restaurantes. Experimentar, conhecer, virar cliente. Isso mesmo, virar cliente. Na maioria dos restaurantes que eu frequento sou amigo dos garçons, do manobrista, do barman.

Alguns eu frequento há mais de vinte anos. Outros descobri há menos tempo. Mas é raro eu não ter conhecidos na maioria deles. Ou em outros restaurantes, que não fazem parte da minha rotina, mas que, quando eu vou, descubro um velho amigo trabalhando lá.

Massa, comida árabe, chinesa, japonesa, francesa, tailandesa, churrascaria, pizzaria, o que você quer comer hoje no jantar?

Essas são apenas algumas das opções. E elas se espalham em restaurantes em todos os cantos da cidade. Escolha o seu e bom jantar!

Tendências: