Capitalização vai empurrar mais empresas ao mercado de ações

Celso Ming

24 de setembro de 2010 | 13h29

Hoje pela manhã, o presidente Lula comemorou na Bolsa de Valores o encerramento da primeira etapa da capitalização da Petrobrás.

Além de ter sido a maior operação desse tipo da história do capitalismo, foi dito que a Petrobrás agora já tem o capital necessário para seus investimentos de US$ 224 bilhões nos próximos cinco anos.

O ministro Guido Mantega afirmou, ainda, que a estatal não vai precisar de mais aumentos de capital. Talvez não precise de mais injeção de recursos nos próximos dois ou três anos. Mas vai precisar de muito mais nos anos seguintes porque a Petrobrás será responsável pela exploração de quase todo o pré-sal, se não diretamente, pelo menos com participação minoritária de 30% – e isso vai exigir capital.

Em todo o caso, a operação da capitalização da Petrobrás é um sucesso e deverá empurrar mais empresas brasileiras, inclusive as estatais, para o mercado de ações.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.