Caso Erenice mostra como funcionam as coisas no BNDES

Celso Ming

17 de setembro de 2010 | 10h24

Empresa que paga comissão na Casa Civil consegue arrancar financiamentos escassos a juros subsidiados de um banco estatal de fomento.

Ouça meu comentário na Rádio Eldorado na manhã desta sexta-feira.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.