Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

IPCA-15 mais favorável

Celso Ming

21 de dezembro de 2010 | 11h20

A novidade desta manhã de terça-feira é até certo ponto tranquilizadora.

O IPCA-15, medidor de inflação que sai a cada meio de mês, veio mais favorável. Esperava-se que fosse mais alto do que o do mês passado, que foi de 0,86%, mas ele veio mais baixo, em 0,69%.

Isso não quer dizer ainda que o surto inflacionário tenha sido afastado, mas é um bom indício disso.

O grande vilão da esticada da inflação das últimas semanas é a carne. E não foram apenas os preços da carne bovina que subiram. Subiram também os da de frango.

Essa alta tem a ver com o crescimento da renda, que, por sua vez, é consequência do aumento das despesas públicas. Sempre que melhoram as condições de vida da população mais pobre, um dos primeiros itens a sofrer aumento da procura é o segmento das proteínas animais.

A inflação alguma coisa mais baixa reforça a posição do Banco Central, que resolveu esperar para ver se as últimas decisões que restringiram o crédito passariam a atuar sobre os preços, antes de optar pela alta dos juros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: