O desafio internacional

Celso Ming

02 Setembro 2016 | 21h05

O G-20 se reúne na cidade de Hangzhou, 1.257 quilômetros ao sul de Beijing, para definir políticas destinadas a encorajar o crescimento econômico e o emprego e reverter o mal-estar que se espalha pelo mundo.

O Brexit, a multiplicação de movimentos nacionalistas de direita, a crescente hostilidade aos imigrantes, o alastramento do desemprego, o aumento do protecionismo no comércio e na produção e, até mesmo, a rápida expansão do Estado Islâmico que acolhe massas desesperançadas e lhes acena com propostas messiânicas e libertadoras – tudo isso compõe um quadro de desilusão, insegurança e ceticismo em relação ao futuro. Leia a análise aqui.