Recuperação distante

Celso Ming

19 Setembro 2016 | 21h05

O IBC-Br, do Banco Central, o indicador que tenta antecipar o comportamento do PIB, mostrou queda de 0,09% em julho em relação à posição de junho. Esse número sugere que o terceiro trimestre ainda não aponta recuperação da atividade econômica. No acumulado do ano (até julho) o recuo é de 5,29%. l

Focus

A Pesquisa Focus, do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira, mostrou que a mediana do mercado (cerca de 100 consultorias, empresas e instituições financeiras) para as projeções do PIB em 2016 ficou nos -3,15%. Leia a coluna completa aqui.