Barreiras no acesso ao crédito

Claudio Considera

25 de maio de 2020 | 10h14

Nos anúncios do sistema financeiro parece que o crédito retornou com força dando suporte a quem precisa neste momento difícil de pandemia, com a economia paralisada em muitos setores. Mas não é o que constata quem precisa do dinheiro.

Crédito inacessível com as exigências (Foto: Bankrate)



As exigências impostas pelos bancos impossibilitam o acesso ao financiamento para dar um fôlego aos pequenos e médios empreendedores. Entre a campanha de marketing e a realidade os que precisam do crédito ficam a ver navios. A situação legal, contábil, a exigência de garantias, tudo é motivo para barrar o acesso. Isto é inadmissível num momento como este.

Com as famílias, cujo endividamento é o maior dos últimos três anos, a situação não é diferente. A difícil situação do País afeta empregos e renda, e é cada vez mais raro poder por a cabeça no travesseio e dormir em paz, com as contas em aberto,

Bancos e credores devem se abrir à negociação de melhores condições para pagamento dos débitos já existentes. Já as famílias devem planejar e adotar medidas para ajudar a se livrar de dívidas, por meio de orçamento doméstico, controle de despesas e resistência aos impulsos consumistas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.