Custo de tarifas bancárias pode superar R$ 1 mil por ano

Pelo menos 5 dos 8 maiores bancos reajustaram os valores cobrados em pacotes de serviços nos últimos dois meses

Economia & Negócios

06 Junho 2016 | 15h15

Caso você tenha pacote de tarifas bancárias em sua conta é bom conferir o extrato com atenção. Pelo menos 5 dos 8 maiores bancos reajustaram nos dois últimos meses os valores cobrados. Dependendo dos serviços contratados, o custo anual pode atingir mais de R$ 1.000, como é o caso do pacote Plano Select Unique do Santander, constatou levantamento da Proteste.

Neste mês de junho os clientes do Santander passaram a pagar 10% a mais no pacote Padronizado IV e no Citibank 11,66% mais no pacote Classic, os que mais tiveram variação em relação ao reajuste anterior.

Em maio, três bancos reajustaram os valores dos pacotes de serviços. Na Caixa Econômica Federal o pacote que mais subiu foi o Simples, com alta de 25,56%. No Itaú, o reajuste foi de 12,34%, no Multiconta. No Bradesco houve alta de 5,88% no padronizado II .

Os bancos podem subir as tarifas a cada seis meses desde que informem com 30 dias de antecedência da vigência da nova tabela. Dependendo do seu perfil de uso dos serviços é possível se livrar desses custos contratando, por exemplo, uma conta eletrônica, movimentada exclusivamente pela internet.

Alguns serviços devem ser obrigatoriamente disponibilizados para o consumidor que possui conta corrente, sem que haja qualquer cobrança de tarifas. Ou seja, você não é obrigado a manter um pacote de serviços.

Os serviços essenciais, gratuitos, garantidos pelo Banco Central são limitados a: cartão de débito, 10 folhas de cheques por mês, Segunda via do cartão de débito, até 4 saques por mês, consultas pela internet, duas transferências por mês, entre contas na própria instituição e compensação de cheque. O problema é que nem sempre é fácil convencer o gerente a aceitar a não contratação de um pacote de serviços e o pacote é “empurrado” goela abaixo.

A Proteste tem um simulador que ajuda a identificar qual o tipo de conta corrente ideal para o perfil do consumidor. Acesse.

Mais conteúdo sobre:

Bancostarifas bancárias