Desafios para os idosos

Economia & Negócios

01 Outubro 2018 | 10h45

Já somos mais de 30 milhões de brasileiros na terceira idade, que hoje comemoram o Dia Internacional do Idoso. Mas será que há o que comemorar? Com o aumento da longevidade os grandes desafios são melhorar a qualidade de vida e ter seus direitos básicos respeitados.

O Estatuto do Idoso, em vigor desde 1.º de janeiro de 2004, por exemplo, proíbe qualquer tipo de discriminação do idoso nos planos de saúde. Mas o que se vê na prática é a exclusão econômica. Com os elevados valores das mensalidades, os planos de saúde se tornam impagáveis.

Com a crise econômica os proventos da aposentadoria de muitos idosos são fundamentais para a sobrevivência de muitas famílias com desempregados. Em áreas de baixa renda avós sustentam os filhos e netos apesar dos baixos valores de seus benefícios.

Vulneráveis, há idosos que precisam de proteção contra golpistas, inclusive parentes.

São alvos frequentes de ofertas de serviços que acabam contratando sem querer. Infelizmente há exploradores de pessoas mais velhas, se aproveitando também da pouca familiaridade que grande parte deles têm com as novas tecnologias.

Para mais respeito e dignidade aos idosos urge  melhorar as condições de vida daqueles que mereceriam mais conforto, mais segurança, mais tranquilidade. Não vemos o país se preparar com seriedade para esta mudança na pirâmide etária.

Mais conteúdo sobre:

terceira idadeEstatuto do Idosoidoso