Fique de olho no preço

Claudio Considera

11 de maio de 2020 | 09h50

Quem está em confinamento em casa agora depende de delivery,  inclusive para as compras de supermercados para evitar o contágio da Covid-19. Mas não deve dispensar a pesquisa de preços ao escolher o local da compra, para não ter prejuízo.

Ida ao supermercado foi substituída pelo delivery. Foto Amanda Perobelli/Estadao

Nem sempre as ofertas de supermercados por meio de aplicativos são claras, indicando apenas o percentual de desconto do produto sem informar o preço, dificultando a comparação por parte do consumidor.


Os programas de descontos em plataformas digitais só garantem economia, se as informações forem claras, sem armadilhas como as que só dão desconto na aquisição de mais de uma unidade do produto ofertado.

É preciso cautela neste momento que requer todo o esforço para economizar. Não gaste mais do que o orçamento comporta, e tenha atenção  em relação ao preço cobrado para entrega e o prazo para recebimento dos produtos.

Foque na aquisição de alimentos que garantam uma dieta saudável, principalmente por estarmos com atividades físicas restritas. Garanta sua saúde.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.