Manifesto pela vida

Claudio Considera

22 de março de 2021 | 08h42

Assinei, com mais de 500 colegas economistas, ex-ministros da Fazenda, ex-presidentes do Banco Central, um ex-governador (Paulo Hartung) e expoentes do mercado financeiro, um manifesto que pede medidas efetivas de combate à Covid-19.

As vacinas chegam a conta-gotas, e há desrespeito ao distanciamento social e ao uso de máscaras. Por isso, além das quase 300 mil mortes, o descaso do governo federal piora a já gravíssima crise social.

Desde o início da pandemia, o presidente da República, Jair Bolsonaro, jogou no time do vírus, ao contrariar as orientações de especialistas de todo o mundo. Recentemente, entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra medidas adotadas pelos governadores do Distrito Federal, Bahia e Rio Grande do Sul.

Estamos pagando caríssimo – em vidas, recessão, desemprego e ampliação da miséria – pelo negacionismo do presidente. Como ele diria, se estivesse do lado da ciência e da vida, “tem que parar com isso daí”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.