Muita calma nessa hora

É importante reclamar no local certo e com a pessoa adequada

Economia & Negócios

09 Dezembro 2015 | 16h25

É muito comum o consumidor, em situações de extremo estresse, reagir com impaciência contra atendentes das mais diversas empresas. É importante reclamar no local certo e com a pessoa adequada.

Mesmo assim, a reclamação não deve ofender ninguém. Em meio a uma crise aguda, econômica, financeira e política, é natural que estejamos todos insatisfeitos e irritados. Mas não podemos descarregar esses sentimentos em uma pessoa que, embora trabalhe em uma empresa que cometeu falhas, não é responsável por elas. Por que não procurar o Serviço de Atendimento ao Consumidor, canal adequado para estas demandas? Ou, se necessário, a ouvidoria.

Eu costumo utilizar a barca que liga o Rio a Niterói. Percebo várias vezes a agressividade de passageiros, provocada por atrasos justificados, direcionada a funcionários desse meio de transporte. Convém manter a calma e o bom senso, pois fenômenos climáticos (chuva, vento) podem interferir no tempo da viagem. É só um exemplo de como podemos evitar que o descontentamento acumulado, devido a problemas estruturais e do dia a dia, nos torne descorteses e injustos.

Paciência e flexibilidade sempre valem a pena.

Mais conteúdo sobre:

Direto do Consumidor