Não compre smartphone sem carregador

Claudio Considera

06 de junho de 2022 | 07h25


Procons vêm agindo contra a venda de smartphones sem carregador. É um absurdo que a alegação do fabricante seja respeito ao meio ambiente. Que produzam, então, uma bateria recarregável pela luz do sol ou que não necessite de carga adicional.

Ainda que os órgãos de defesa do consumidor estejam corretíssimos em agir contra este abuso, cabe também ao cliente não aceitar este tipo de imposição. Como? Simplesmente, não comprando um novo modelo sem carregador.

Continue usando o aparelho atual, faça uma revisão e os reparos necessários, mas não compre um novo aparelho sem carregador, por mais recursos tecnológicos adicionais oferecidos. É algo que podemos e devemos fazer em defesa de nossos direitos.

Que os Procons continuem multando os fabricantes, e que nós façamos a nossa parte.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.