Não conseguiu desconto? Tente parcelar em mais vezes

Os juros já estão embutidos no preço quando a compra é parcelada

Economia & Negócios

13 Junho 2016 | 14h23

Você chega no caixa da loja para pagar o produto e é informado que pode parcelar o valor no cartão sem acréscimos. Não tenha dúvida de que os juros já estão embutidos no preço e, nessa situação, o jeito é tentar parcelar em várias vezes. Quanto mais melhor. A operação financeira por trás da composição do preço cria a ilusão de que a venda é sem juros.

Se a loja não afixar em local visível a informação sobre a possibilidade do parcelamento, sem juros, estará descumprindo o Código de Defesa do Consumidor. Essa informação obrigatória ajuda na hora de decidir se vale a pena pesquisar o preço em outros locais, obtendo um desconto para o pagamento à vista. Mesmo se for política da loja não dar desconto no pagamento em uma única vez, não deixe de pechinchar.

Quando não se consegue negociar o desconto para pagar à vista, pagar antes significa gastar mais. Parcelar, no entanto, exige disciplina para cumprir os prazos de pagamento. É preciso se programar reservando parcela do orçamento para os diversos pagamentos futuros.

Não aceite preço diferente por estar pagando com o cartão de crédito, se for numa só parcela. Afinal cartão é igual a dinheiro. Já no parcelamento direto, o lojista até pode cobrar juros, desde que informe o custo total, detalhando os encargos que compõem a operação.