Sorteios tentam atrair filhos para compra do Dia dos Pais

Entre as vantagens de ir comprar pessoalmente estão poder sair da loja com o produto, e também negociar desconto na compra à vista

Economia & Negócios

30 de julho de 2018 | 12h17

Diante da crise os shoppings estão promovendo campanhas de sorteios de brindes para estimular os filhos a comprarem seus presentes para o Dia dos Pais nestes centros de compras.

Com a comodidade das compras virtuais as lojas físicas têm que recorrer a atrativos para aumentar o movimento.

Entre as vantagens de ir comprar pessoalmente estão poder sair da loja com o produto, e também negociar desconto na compra à vista, e a troca rápida pelo próprio presenteado, caso erre na escolha.
Para os filhos sem muito tempo, a compra on-line pode ser uma boa opção, desde que sejam tomadas precauções para garantir que o presente chegue a tempo.

Há diversos sites com mecanismos de comparação de preços que facilitam na pesquisa do presente ideal. Opte por loja virtual já conhecida e idônea. Cheque se contra ela já foram feitas reclamações em entidades de defesa do consumidor, e se foram resolvidas. Além de fazer constar o prazo da entrega.
Cuidado com sites desconhecidos que ofereçam preços muito abaixo do mercado. Só compre em sites seguros para ter certeza de que os dados do cartão de crédito não serão capturados, e de que o produto será entregue. Certifique-se que a entrega será na data combinada. É prudente ter um comprovante com a discriminação do produto com o respectivo valor.

O Código de Defesa do Consumidor garante o direito de devolver a mercadoria no prazo de sete dias úteis após o recebimento, na compra feita fora do estabelecimento comercial – seja pela internet, telefone ou correio. Deve se receber todo o dinheiro desembolsado (valor do produto, taxa de entrega e até mesmo os custos com a postagem para devolvê-lo).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.