TVs inteligentes e enganosas

Alguns fabricantes não têm atualizado os aplicativos de entretenimento e serviços interativos

Economia & Negócios

11 de abril de 2016 | 09h14

De olho nos recursos das smart TVs, como ligar pelo Skype, acessar o Facebook, assistir a filmes e jogos online, há consumidores que investiram no equipamento e hoje estão desapontados.

Alguns fabricantes não têm atualizado os aplicativos de entretenimento e serviços interativos. O que seria um diferencial se tornou, então, uma dor de cabeça. A Samsung informou que a atualização do Skype em suas TVs será interrompida em junho.
Quem gosta de futebol foi atraído na época da Copa de 2014 por uma tecla no controle das ‘TVs inteligentes’, chamada futebol, que também será desativada, conforme é informado na tela.

Trata-se de oferta enganosa, um claro desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, pois ninguém investe numa TV para ter acesso a aplicativos com data de validade. Quem se sentir prejudicado pode recorrer a uma entidade de defesa do consumidor para pleitear ressarcimento do fabricante.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: