Brasileira Off Field chega aos Estados Unidos

Felipe Vanini

11 de novembro de 2010 | 19h28

A agência paulista de marketing de futebol Off Field acaba de firmar uma joint venture com a New Creation, empresa americana especializada em eventos esportivos, com o objetivo de desenvolver ações no Brasil e nos Estados Unidos. A primeira ação da Off Field no exterior será a busca de patrocínio para o New England Revolution, time de Boston na MLS, principal liga de futebol (soccer para os americanos) dos Estados Unidos, com investimentos previstos de US$ 15 milhões em cinco anos de contrato. No Brasil, a parceria deve estrear com um quadrangular, que será realizado em Teresina, a capital do Piauí, em janeiro, envolvendo clubes brasileiro (Santos e Palmeiras, já confirmados) e americanos. O evento está orçado em R$ 6 milhões. “A ideia é reeditar os torneios de verão e manter o setor aquecido também na pré-temporada dos campeonatos estaduais”, diz Eduardo Morato, diretor da Off Field e ex-diretor de marketing do São Paulo Futebol Clube. Entre os principais clientes de Off Field estão empresas do porte da Seara, Toyota, Perdigão, Coca-Cola e Penalty.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.