Sicredi União quer dobrar de tamanho até 2012

Clayton Netz

24 de fevereiro de 2010 | 18h41

SAFRA/GRÃOS

O Sicredi União, maior cooperativa do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) no Brasil, colocou R$ 100 milhões à disposição dos cooperados para custeio da safrinha de milho. Ele surgiu em meados do ano passado, por meio da junção do Sicredi Maringá, no norte do Paraná, Sicredi Vale do Bandeirantes, de Astorga, e Sicredi Norte do Paraná, de Cornélio Procópio. Sediado em Maringá, suas operações estendem-se por 70 municípios, reunindo 35 mil associados. Os ativos são de R$ 550 milhões. Os planos estabelecidos até 2012 são de dobrar o número de associados. Para este ano, a previsão é abrir mais dez unidades de atendimento, que se somariam às 50 já existentes. Três novas devem ser abertas em Londrina, uma região que o Sicredi União pretende conquistar.

Tudo o que sabemos sobre:

Cooperativa de créditoParanáSicredi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.