Telefonia móvel atrai pesos-pesados

Felipe Vanini

14 de dezembro de 2010 | 17h56

A possibilidade de empresas de diversos setores, como bancário, seguradoras, varejistas, entre outros, fornecerem serviços de telefonia móvel por meio do modelo de operadora virtual, ou MVNO, na sigla em inglês, está atraindo grandes grupos como Pão de Açúcar, Bradesco, Porto Seguro, Carrefour e Ipiranga. Eles participarão do “II MVNO Meeting”, em São Paulo, na sexta-feira, 17. O encontro é promovido pela incubadora de projetos World Wide Investments Group (WWI), que tem como investidores as famílias Sabó, Navajas e Cantele, e já aplicou R$ 2,3 bilhões nas áreas de telecomunicações, energia e imobiliária.

Tendências: