Na esteira do covid-19, Grupo Sices Solar pede recuperação judicial

Na esteira do covid-19, Grupo Sices Solar pede recuperação judicial

Fernanda Guimarães

24 de abril de 2020 | 04h40

Na esteira dos impactos às empresas da pandemia do novo coronavírus, a empresa de energia solar Sices acaba de pedir recuperação judicial, em busca de negociar dívidas da ordem de R$ 600 milhões. Criada em 2013, o grupo Sices Solar fabrica e comercializa equipamentos projetados para a conversão de energia solar em eletricidade e chegou a faturar cerca de R$ 1,5 bilhão no ano passado, diante da crescente demanda no País. Por conta disso, em 2019, expandiu suas operações e abriu filiais no México, Itália e Hong Kong. Com a pandemia, contudo, a empresa afirma que viu a demanda minguar e muitos clientes, para piorar, suspenderam pagamentos. Outro fator que machucou, segundo a empresa, foi a escalada do dólar. O grupo está sendo assessorado pelo escritório Nunes D’Alvia & Notari e pela consultoria X Infinity. Procurada, a empresa não comentou.

contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

#covid-19#recuperaçãojudicial

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: