Modalmais leva três escritórios de agentes autônomos da XP e amplia presença no Sul

Modalmais leva três escritórios de agentes autônomos da XP e amplia presença no Sul

Cynthia Decloedt

23 de junho de 2021 | 15h30

O Modalmais está esquentando a disputa pelos escritórios de agentes autônomos. O banco, que tem como sócio o Credit Suisse, acaba de fechar acordo com três escritórios do Sul plugados à XP, com intenção de reforçar sua rede na região. A Nova Capital, de Santa Catarina, e os escritórios paranaenses Valore e Elbrus, que somam atualmente mais de R$ 2 bilhões sob custódia, devem ter sua operações expandidas como parte do acordo com o banco.

A Nova Capital vai ampliar sua operação para Campinas, no interior de São Paulo, trazendo assessores de alta renda do Itaú. A ideia é que, já no Modal, o escritório chegue a ter R$ 1 bilhão sob custódia em 12 a 18 meses.

A Valore, casa de Curitiba com dez anos, R$ 1,2 bilhão sob gestão na XP e focada na gestão de investimentos de empresas, será fundida com a Elbrus, de R$ 900 milhões sob gestão, que tem um olhar maior em fortunas. A proposta é que os três novos escritórios cheguem a R$ 3 bilhões sob gestão em até 18 meses. Em abril, o Modalmais trouxe o RJ Investimentos, que tinha R$ 3 bilhões sob custódia na XP.

As casas são menores e estão mais distantes da disputa bastante acirrada nesta indústria, que tem XP e BTG Pactual como grandes protagonistas. No entanto, estão em um nicho que está sendo bastante explorado pela indústria financeira como um todo, de clientes com capacidade de R$ 500 mil para investir. Com o Credit Suisse como sócio, o Modalmais aparece como uma terceira via para escritórios, especialmente aqueles abaixo dos R$ 5 bilhões sob custódia, fora da grande disputa, e entre os quais o banco tem se concentrado.

Banco pretende se tornar sócio de escritórios

Seguindo a trilha dos concorrentes, o Modalmais também pretende se tornar sócio de escritórios que desejem migrar para uma estrutura de corretora. Ainda quer reforçar presença no sudeste e em Minas Gerais. O Modalmais está hoje com aproximadamente R$ 25 bilhões sob gestão em sua plataforma, a partir de 30 escritórios, com um time de 160 agentes autônomos plugados a ela.

Onde quer chegar é um mistério, mas esforços financeiros são feitos para reter os agentes no ato da migração do escritório de outra casa e para incentivo, num segundo momento. Por exemplo, ao traçar o plano estratégico de crescimento do escritório, em parte financiado pelo Modalmais, o banco apresenta metas de remuneração relacionadas ao cumprimento das mesmas voltadas à expansão de clientes.

Em nota, a XP afirma que escolheu não seguir a parceria que mantinha com essas operações, por não fazer sentido no longo prazo tanto para os seus clientes quanto em relação as perspectivas de crescimento futuras.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 23/06, às 13h26.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.