Santander capta US$ 150 mi do IFC para financiar energia solar em casas

Santander capta US$ 150 mi do IFC para financiar energia solar em casas

André Jankavski

27 de julho de 2021 | 05h45

O banco Santander captou US$ 150 milhões com a International Finance Corporation (IFC), do Banco Mundial, para financiar exclusivamente painéis solares para residências e pequenos negócios. A carteira desse tipo de empréstimo dentro do Santander já representa R$ 1,5 bilhão e a previsão é ultrapassar os R$ 2 bilhões nos próximos meses.

O setor tem crescido rápido, com a alta na conta de luz. Bradesco, Banco do Brasil, Itaú, Santander e BV, entre outros, estão de olho nesse mercado.

O BV, por exemplo, criou um braço independente para tocar a demanda, chamado Meu Financiamento Solar. Com isso, viu a carteira chegar a R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre, com alta de 263% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 26/07/2021, às 18h15.

Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

solarSantander;BV

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.