43% das empresas congelaram vagas de trabalho com a pandemia

43% das empresas congelaram vagas de trabalho com a pandemia

Fernanda Guimarães

10 de julho de 2020 | 05h00

Com a pandemia do covid-19, cerca de 43% das empresas congelaram vagas de trabalho, ou seja, nem preencheram cargos vagos nem criaram novos, conforme pesquisa da consultoria de recursos humanos Robert Half. Já 26% mantiveram o quadro, preenchendo cargos vagos, ao passo que 14% abriram novas posições. O restante (17%) reduziu o quadro de funcionários durante a crise. O levantamento foi feito com 353 executivos, sendo 90% com influência direta nos processos de recrutamento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: