Fast Shop cresce em 2020 e prevê alta no Natal

Fernanda Guimarães

17 de dezembro de 2020 | 05h00

Mesmo com o impacto da pandemia, que deixou shoppings fechados no começo da quarentena, a varejista de eletrônicos e eletrodomésticos Fast Shop espera fechar o ano com crescimento de até 20%. Em meio à covid-19 e ao distanciamento social, as vendas online da empresa registram alta de 300%. Para o Natal, a estimativa é de crescimento de 15% em relação ao mesmo período do ano passado. A tendência é de maior procura pelos eletrodomésticos e pelas IOTs (internet das coisas) para residências.

Temperatura. Em novembro, a Fast Shop contratou mais de 300 pessoas para as áreas de logística e para o Serviço de Atendimento ao Consumidor. As contratações são para vagas temporárias, com possibilidade de efetivação em janeiro.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 16/12/2020 às 15:01:33 .

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Tudo o que sabemos sobre:

fast shop

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.