Acionista minoritário pede suspensão de assembleia da Alliar

Acionista minoritário pede suspensão de assembleia da Alliar

Circe Bonatelli

21 de abril de 2022 | 06h00

Esh Capital enviou à CVM pedido de suspensão de assembleia  Foto: Fabio Motta/Estadão

A queda de braço entre a gestora de recursos Esh Capital, de Vladimir Timerman, e o fundo Fonte de Saúde, de Nelson Tanure, continua, mesmo após o fundo ter assumido o controle da empresa de diagnósticos médicos Alliar.  A Esh, acionista minoritária da companhia, encaminhou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) um pedido de suspensão da próxima assembleia de acionistas, marcada para o fim de abril, sob a alegação de que o encontro deveria incluir em sua pauta a eleição de novos conselheiros.

A Alliar anunciou trocas de membros do seu conselho após a mudança no controle da empresa e a renúncia dos antigos controladores aos assentos no colegiado. Seus lugares foram ocupados pelo próprio Tanure e aliados. Timerman, que almeja uma vaga no conselho, quer que a eleição dos membros substitutos aconteça por meio de deliberação em assembleia – o que não consta na pauta original.

Longa disputa

A briga entre os dois se arrasta há tempos. O investidor minoritário já pediu à CVM que investigue o novo controlador da Alliar por suposta negociação de ações com informações privilegiadas, que Tanure rechaça, tendo até movido ação por calúnia e difamação. Além disso, Tanure decidiu processar Timerman na Câmara de Arbitragem de Mercado alegando uma perda de R$ 130 milhões com tais acusações.

O palco das disputas pode ir ainda mais longe. O próximo alvo do ativismo de Timerman é a Gafisa, incorporadora que tem a Esh como acionista minoritária e Tanure como controlador.

Procurado, o fundo disse que não iria comentar, uma vez que o negócio “foi feito com absoluto sucesso e o Fonte de Saúde se tornou o acionista majoritário da companhia”.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 20/04/22, às 09h22.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.