Ademicon, de consórcios, cresce 31% com alta de juros e expansão regional

Ademicon, de consórcios, cresce 31% com alta de juros e expansão regional

Matheus Piovesana

04 de maio de 2022 | 05h30

Destaque foram vendas de consórcios do setor imobiliário  Foto: Nilton Fukuda/Estadão

A administradora de consórcios Ademicon bateu recorde na venda de consórcios em março, com R$ 950 milhões no mês, 40% a mais que no mesmo período do ano passado. No primeiro trimestre, foram R$ 2,3 bilhões em créditos vendidos, 31% a mais que no primeiro trimestre de 2021. Em expansão pelo Brasil, a administradora surfou na maior busca do produto, em um momento de juros em alta, e vislumbra crescer cerca de 35% no segundo trimestre.

Com a alta da Selic deixando financiamentos mais caros, em especial no setor imobiliário, o consórcio passa a valer mais a pena, afirma a CEO da Ademicon, Tatiana Schuchovsky Reichmann. Para conquistar novos clientes, a empresa está chegando a novos mercados e tem investido forte em marketing. No começo de abril, anunciou no reality show Big Brother Brasil, da TV Globo.

Empresa aposta em aquisições de carteiras

Além da expansão orgânica, a empresa curitibana aposta em aquisições. No próximo mês, espera fechar a compra de uma carteira na região Sudeste, em que já atua. Em paralelo, analisa cerca de uma dezena de outras carteiras que podem se encaixar em seus planos de expansão.

Um dos projetos da Ademicon é o de chegar à Bolsa em até três anos. O negócio pretende levar aos investidores justamente a tese de consolidação do mercado, em especial para a possível oferta primária.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 03/05/22, às 16h14.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Tudo o que sabemos sobre:

consórciosAdemicon

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.