AES Tietê e Light retomam planos para follow on até julho

AES Tietê e Light retomam planos para follow on até julho

Coluna do Broadcast

02 de junho de 2019 | 11h38

Mais duas companhias do setor de energia programam ofertas subsequentes de ações (follow ons) até julho: AES Tietê e Light. Itaú BBA, BTG Pactual, Bradesco BBI e Goldman Sachs coordenam uma oferta para AES Tietê. A oferta da Light, que a Cemig prepara para a venda de sua participação, já tem sindicato de bancos formado por Itaú BBA, Santander, Banco do Brasil, Bradesco BBI, Citi e XP Investimentos. A ideia é que essas ofertas sejam lançadas logo após a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Neoenergia e do follow on da CPFL, previstos para junho. Essa lista de empresas do setor de energia de olho em captação no mercado ainda poderá crescer com Equatorial e Alupar.

Competição. O apetite do mercado para tantas ofertas de um mesmo setor será testado, em especial diante da influência do cenário macroeconômico e político. As operações vistas com mais otimismo são aquelas voltadas para apoiar movimentos de crescimento, ainda que, em alguns casos, seja combinado com saída ou redução da participação de algum acionista, como é o caso de Neoenergia, CPFL, AES Tietê e Equatorial. Já a Light, que é voltada principalmente para colaborar na melhoria da situação financeira, é vista com mais cautela. Procurada, a AES Tietê informou que “possui alternativas para financiar seus projetos e operações de crescimento, e nenhuma decisão foi tomada que precisaria ser informada ao mercado”. A Light anunciou na noite de sexta-feira que considera uma oferta de ações. //com Luciana Collet

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem delay assine o Broadcast+

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.