Agência dos EUA pagará estudo de US$ 727 mil para digitalização da CPTM

Agência dos EUA pagará estudo de US$ 727 mil para digitalização da CPTM

Juliana Estigarríbia

09 de setembro de 2021 | 05h30

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) fechou parceria com a agência de fomento norte-americana USTDA para o financiamento de um estudo de viabilidade que pretende integrar os sistemas de tecnologia da informação e comunicação da empresa de transporte ferroviário do Estado de São Paulo. O acordo, no valor de US$ 726,6 mil, ajudará no processo de transformação digital da CPTM sem que a companhia tenha de desembolsar valores para executar essa fase do projeto.

A parceria nasceu em 2018, quando a CPTM fez uma visita técnica nos Estados Unidos para conhecer empresas da cadeia de transportes sobre trilhos. A companhia paulista enviou alguns projetos para avaliação da USTDA, que aprovou o financiamento para o estudo, a ser feito por uma consultoria norte-americana, após concorrência. O montante não passará pelo caixa da CPTM, nem se trata de um empréstimo, uma vez que a empresa responsável pelo estudo é norte-americana, o que é bom para a cadeia produtiva dos EUA.

Trata-se do único projeto voltado para empresas de transporte que a USTDA está financiando. O estudo ajudará a CPTM na incorporação de análises de big data, inteligência artificial e Internet das Coisas (IoT), o que deve auxiliar na implantação de medidas como redução do intervalo médio entre os trens, identificação de riscos e potenciais atrasos a tempo de evitá-los, criação de novas estratégias operacionais e a diminuição do consumo de energia.

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 08/09/2021 às 16h06.

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse
http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

cptmUSTDAEstado de São Paulo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.