Agibank perde ordens e cancela IPO

Agibank perde ordens e cancela IPO

Economia & Negócios

21 Junho 2018 | 04h00

O aumento da volatilidade do mercado fez com o banco digital Agibank perdesse ordens dos investidores no âmbito de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), o que o levou a tomar a decisão de postergar a oferta, conforme antecipou ontem, dia 20, a Coluna do Broadcast, às 18h25. A instituição financeira havia tentado, ontem, uma nova faixa indicativa de preço, de R$ 11,50 a R$ 13, ante um intervalo anterior era de R$ 13,87 e R$ 16,95, o que não foi considerado suficiente para a manutenção do interesse dos investidores.

Clima
Até o início da semana, o Agibank tinha demanda duas vezes superior à oferta no piso da faixa, mas o livro de ordens se tornou muito sensível ao preço com o aumento da volatilidade. Da leva de empresas que programavam IPO para julho e que chegaram a fazer o pedido junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Bunge também adiou a oferta de sua unidade sucroalcooleira, assim como a Multilaser.

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real.

Siga a @colunadobroad no Twitter