Além de grandes, Pagseguro e Basa se credenciam para crédito às pequenas

Além de grandes, Pagseguro e Basa se credenciam para crédito às pequenas

Aline Bronzati

11 de junho de 2020 | 05h02

Das 12 instituições que demonstraram interesse em ofertar crédito às pequenas empresas com aval do Fundo Garantidor de Operações (FGO), administrado pelo Banco do Brasil, estão o PagBank, da PagSeguro, e o Banco da Amazônia, o Basa. Entre os grandes bancos, além de Itaú Unibanco e Caixa Econômica, o Santander Brasil também já se habilitou. O único que está pronto para começar a operar a linha, lançada hoje, é o Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob).

Porém. O interesse de 12 candidatos ocorre a despeito de uma série de críticas em torno da iniciativa, a começar pela taxa. Os bancos preveem prejuízo com os empréstimos. Tanto é que tem peixe grande que ficou de fora e não vai entrar.

A questão do ônus. Há ainda um entrave específico no caso dos bancos públicos. Isso porque a medida provisória 975/2020, que institui o programa, exigiu essas instituições dessem prioridade ao Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) ainda que o retorno não seja atrativo muito menos garantido. Procurados, os bancos mencionados não comentaram.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

BancosPagSeguroBasa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: