Aliansce Sonae coloca à venda shopping no Rio e espera prêmio de 53%

Aliansce Sonae coloca à venda shopping no Rio e espera prêmio de 53%

Circe Bonatelli

15 de dezembro de 2021 | 05h25

Aliansce Sonae tem 27 shoppings no portfólio, em  12 Estados   Foto: Gabriela Biló/Estadão

A Aliansce Sonae colocou à venda a sua participação de 39,2% no Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, negócio avaliado em R$ 177 milhões. O discurso oficial para a alienação é “não manter todos os ovos numa mesma cesta”. A empresa tem exposição relevante ao Rio de Janeiro, que responde por 24% de seu portfólio de 27 shopping centers.

O diretor de investimentos da Aliansce Sonae, Mauro Junqueira, afirmou à Coluna que o objetivo da venda é equilibrar a distribuição geográfica do portfólio, que também conta com empreendimentos em 12 Estados, entre eles São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Pará. Os recursos da alienação serão usados para projetos de expansão de shoppings já em operação, bem como potenciais aquisições.

A tentativa de venda será por meio de uma oferta pública secundária de cotas do fundo imobiliário Via Parque Shopping. A Aliansce Sonae será a única vendedora. Serão oferecidas 1,1 milhão de cotas ao preço de R$ 161. O valor chama a atenção porque corresponde a um prêmio pedido de 53% em relação ao fechamento do papel no último pregão, quando estava em R$ 105.

Aliás, a última vez que o fundo passou dos R$ 160 foi em setembro do ano passado. Segundo Junqueira, o valor de mercado não corresponde ao valor justo do empreendimento, uma vez que as cotas têm baixa liquidez em Bolsa.

“Amarrado”

Nos bastidores do setor, o comentário é que uma operação com essa peculiaridade já tem um comprador “amarrado”. Segundo Junqueira, há apenas conversas preliminares com interessados. A oferta das cotas ocorrerá nos termos da instrução 476 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), restrita a investidores profissionais. A Rio Bravo, administradora do fundo, ficará responsável por prospectar compradores. Fundos imobiliários e operadores de shoppings são os candidatos naturais a arrematar os ativos.

A busca de compradores também coincide com a recente inauguração do Shopping Jacarepaguá, da Multiplan, na mesma vizinhança. Além disso, o Via Parque Shopping tem apresentado resultados abaixo dos demais empreendimentos do grupo.

O centro de compras na zona oeste do Rio chegou ao fim do último trimestre com 5,5% de lojas vagas e 21,8% de inadimplência dos lojistas. Já o restante do portfólio tem, em média, vacância de 4,2% e inadimplência de 1%.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 14/12/21, às 18h38.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.